Conheça os dilemas de uma fotógrafa apaixonada pelas lentes

Atualizado: Jun 8

Uns anos atrás eu entrevistei a Tatiana Carvalho, apaixonada por fotografia desde a infância. Nesta entrevista ela contou sobre seus sonhos, suas ambições, seus dilemas para exercer a profissão. Você confere agora: A maior paixão dela é a fotografia. Se existe algo que move sua vida desde a infância é sair fotografando tudo por aí. Ela não se limita. Festas, ensaios, eventos, tudo o que alcança as lentes de sua câmera faz parte do seu trabalho. Seu pai, sua maior inspiração para a carreira. Hoje, nos seus “quase 37 anos”, como ela mesmo diz, o sonho de Tatiana Carvalho ainda é ter seu próprio estúdio fotográfico.

Mais do que técnicas de foco e enquadramento de imagens, é preciso ter paixão pelo que faz. É assim que ela define sua relação mais que profissional com a câmera fotográfica.

Foto da internet

Pauta na Mesa: Quando descobriu sua vocação para a fotografia? Tatiana Carvalho: Eu estava ainda bem jovem em meus 12 anos. Fui com a escola fazer um passeio a Petrópolis e fiz um flare (efeito da fotografia onde o raio de sol entra na foto) na casa de Santos Dumont. Pauta na Mesa: Com que idade você começou a fotografar? TC: Profissionalmente, com 32 anos. Pauta na Mesa: Por que decidiu seguir a carreira e o que te motiva a querer continuar? TC: Porque é meu desejo desde a infância. Minha paixão pela fotografia é tão grande que quando iniciei, profissionalmente, nunca pensei em desistir. Pauta na Mesa: Você costuma fazer quais tipos de fotos? TC: Atualmente, faço muitas festas, a maioria infantis, ensaios externos masculino, feminino, infantil e sensual. Também já cobri muitos eventos esportivos, como o de Jiu Jitsu. Pauta na Mesa: Dessas que você citou, quais tipos de fotografias você mais curte fazer? TC: Eu curto todas. No momento, estou apaixonada por fotos em estúdio. Quero muito montar um pra mim e poder fazer grandes trabalhos nesse ramo. Pauta na Mesa: Quais foram seus maiores desafios no decorrer da sua carreira? TC: Ser reconhecida pela minha família como profissional de fotografia. Pauta na Mesa: Fale sobre suas maiores conquistas na fotografia até hoje? TC: Ver as fotos que fiz estampadas em revistas e jornais foi muito gratificante. Senti um orgulho tremendo do meu trabalho. Mas, para mim, só do cliente sair feliz com o resultado das fotos, com certeza me dá um sentimento de conquista. Pauta na Mesa: Você também concilia o trabalho de fotógrafa com outras atividades? Pretende se desenvolver em mais alguma área diferente dessa ou seu desejo é viver apenas de fotografia? TC: Hoje em dia, eu divido meu trabalho de fotógrafa com o Departamento Pessoal de uma loja. Infelizmente, ainda não me mantenho apenas com a fotografia. Porém, meu grande sonho é ficar somente com ela. Pauta na Mesa: Na sua opinião, você acha que a fotografia é uma profissão valorizada aqui no Brasil? TC: Não. Pelo menos, até onde vivi no momento, muita gente desvaloriza o trabalho do fotógrafo, achando que é fácil. Pauta na Mesa: O que você tem a dizer para aquelas pessoas que pretendem trabalhar com fotografia? TC: Que façam com amor. É um trabalho difícil, mas se faz com dedicação e carinho, e, principalmente, se gosta do que está fazendo, as dificuldades são aliviadas. Pauta na Mesa: Para quem deseja viver da foto, em que tipos de empresas o fotógrafo pode exercer seu trabalho? TC: A fotografia é muito abrangente. Todo tipo de empresa precisa de um fotógrafo em algum momento. Mas, as especialistas nesse segmento são os estúdios fotográficos e agências de publicidade. Pauta na Mesa: Você se inspirou em alguém especial para querer se tornar fotógrafa? TC: Sim. Em meu Pai, Sergio. Por ele ser Cinegrafista e ter trabalhado por muitos anos como Câmera de Vídeo, acabei me inspirando nele de alguma forma. Acho que herdei o seu dom. Pauta na Mesa: Já que estamos falando de inspiração e sentimentos, o que a fotografia significa para a sua vida? TC: Ela é a minha filha, minha paixão. É o que me move todos os dias da minha vida!


#Fotografia #Entrevista #profissão



*Entrevista realizada em 2016*

5 visualizações
 

Formulário de Inscrição

  • YouTube
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Facebook
  • Instagram
  • Instagram

©2020 por Pauta na Mesa. Orgulhosamente criado com Wix.com